segunda-feira, 27 de abril de 2009

Feiticeira de Sartel

Poema Abecedário II ... neste poema comecei cada verso com uma letra do abecedário, segundo a ordem do mesmo. Mais uma vez, esqueci as letras novas !

Às voltas com o papel
Brinca com as letras
Compõe palavras
Desenha sentimentos
Entrelaça lendas e sonhos.

Feiticeira de Sartel
Galvaniza mitos e lendas
Histórias e fantasias
Irrequietas na sua harmonia.

Joga com os pensamentos
Lugarejos de ideias
Misantrópicas
Na sua alegria melancólica.

Olha o céu onde
Palácios de sonhos
Quebram docemente
Realidades sorridentes e
Soalheiras na vivência de afectos.

Tantras e tautogramas
Unidos por uma mágica poética
Vagueiam de encontro à
Xamanista Turcomana mas
Zolaísta na doce forma de amar !

Sem comentários: