quarta-feira, 7 de abril de 2010

... e crítica ao meu texto !

" ( ... )
Devo referir, a terminar, que o seu exercício denota uma interiorização bastante plena e criativa do já distante legado aristotélico sobre o humor. Para além disso, a rescrita de Calvino foi particularmente versátil. E flexível. Uma boa moldagem.
O universo do risível e os seus impactos constituem um projecto sem fim. Mas a incorporar sempre, sem excepção, em todo o tipo de textos.
Desejo-lhe mais uma boa semana!
Com toda a estima e amizade, Luís Carmelo."

Sem comentários: